Saturday 19 Sep 2020

Sporting CP mais perto do quinto título consecutivo

 

O Sporting CP venceu este sábado a equipa do GD Toledos por 3-0 na 1.ª mão da final do Campeonato Nacional masculino da 1.ª Divisão e disputada no Centro de Alto Rendimento de Vila Nova de Gaia e no domingo pode garantir o 37.º título nacional da sua história e quinto consecutivo.

A equipa sportinguista, que na fase regular venceu o Toledos por 4-0 nos dois encontros, sentiu este sábado algumas dificuldades para ultrapassar a formação açoriana. O Sporting cedeu quatro sets no encontro, menos um do que o número total de sets perdidos ao longo de toda a fase regular.

Aruna Quadri, que na próxima época vai jogar no campeonato alemão, na equipa TC RhönSprudel Fulda-Maberzell, depois uma década em Portugal na qual conquistou os últimos sete títulos nacionais – três pelo GD Toledos e quatro pelo Sporting – vai realizar este domingo o último encontro pelos “leões”. O jogador olímpico pela Nigéria, número 20 do ranking mundial, esteve a perder por 2-1 no encontro com Énio Mendes, facto algo surpreendente.

No segundo encontro, entre Diogo Carvalho e Diogo Silva, o encontro foi também muito equilibrado, com a maior experiência do jogador da Seleção Nacional a ser importante.

Na derradeira partida, entre Bode Abiodun e Boboye Oyenyan, ambos da Nigéria, o jogador sportinguista foi mais forte.

A formação “leonina” terminou a fase regular com 18 vitórias em 18 jogos e alcançou 70 pontos, mais 22 que o GD Toledos, segundo classificado.

O Sporting é o clube com maior número de títulos nacionais, 36 no total, é atualmente tetracampeão. É o detentor do Campeonato Nacional, Taça de Portugal e Supertaça José Manuel Amaro.

O Toledos tem quatro títulos de campeão nacional.

Os jogos têm todos transmissão em direto nos canais televisivos “A Bola TV” e RTP Açores e na página do Facebook e do Youtube da Federação. As finais serão também transmitidas em direto nas páginas de Facebook das Federações Europeia (ETTU) e internacional (ITTF).

 

Aruna Quadri, atleta do Sporting CP

“Foi um jogo muito difícil, já que há muito tempo que não jogávamos e o Énio Mendes sempre foi um grande jogador. É sempre difícil jogar contra ele, mas no fim tive muita sorte para ganhar.”

 

Diogo Carvalho, atleta do Sporting CP

“Foi um jogo bastante complicado, conhecemo-nos há muito tempo e ele sabe como jogar contra mim. Para mim é muito complicado jogar contra ele, mas consegui alcançar a vitória, o que é o mais importante. Foi um jogo muito tático, eu não estava a conseguir servir curto, que era o meu objetivo.”

 

Bode Abiodun, atleta do Sporting CP

“Estamos mais perto da conquista do título, mas amanhã temos de manter a concentração para alcançar uma nova vitória.”

 

Diogo Silva, treinador e jogador do GD Toledos

“Sabíamos que era uma tarefa muito difícil, mas de qualquer maneira não íamos deitar a toalha ao chão. Não deitámos hoje e não vamos deitar amanhã. Vamos lutar e tentar fazer o melhor possível. Hoje estivemos próximo de poder fazer alguma coisa que nos deixasse numa posição melhor para amanhã. Sabemos que com 3-0 vai ser muito difícil, mas de qualquer das maniras vamos chegar cá amanhã com a mesma atitude, lutar e tentar fazer um bom resultado. Amanha vamos entrar para tentar ganhar os nossos jogos, independentemente de dar ou não para sermos campeões.”

 

Chen Chi Shao, treinador do Sporting CP

“Tendo em conta a longa paragem, este jogo foi normal. Os jogadores estiveram muito tempo parados. Mas estamos mais próximos de conquistar o título.”

 

Sporting CP, 3 – GD Toledos, 0

Local: Centro de Alto Rendimento de Vila Nova de Gaia

Árbitros: Celeste Araújo / Rui Oliveira (Aveiro)

Aruna Quadri, 3 – Énio Mendes, 2 (11-4, 9-11, 7-11, 11-7, 11-3)

Diogo Carvalho, 3 – Diogo Silva, 1 (13-11, 9-11, 11-8, 11-7)

Bode Abiodun, 3 – Boboye Oyenyan, 1 (11-8, 11-4, 10-12, 11-6)

Treinador Sporting CP: Chen Chi Shao

Treinador GD Toledos: Diogo Silva


Dossier de Imprensa

 

GD Toledos na final com o Sporting

 

 

A equipa do GD Toledos, da ilha açoriana do Pico, garantiu esta sexta-feira a presença na final do Campeonato Nacional masculino da 1.ª Divisão ao vencer o GDCS Juncal por 3-0, na 2.ª mão da meia-final da Fase Final disputada no Centro de Alto Rendimento de Vila Nova de Gaia. Na 1.ª mão, realizada quinta-feira, o Toledos já tinha garantido um triunfo por 3-0.

A final vai ser disputada com o Sporting CP, 1.º classificado da fase regular do Campeonato, no sábado e domingo, a partir das 16h00.

O Sporting é o clube com maior número de títulos nacionais, 36 no total, é atualmente tetracampeão. É o detentor do Campeonato Nacional, Taça de Portugal e Supertaça José Manuel Amaro.

O Toledos tem quatro títulos de campeão nacional.

Os jogos têm todos transmissão em direto nos canais televisivos “A Bola TV” e RTP Açores e na página do Facebook e do Youtube da Federação. As finais serão também transmitidas em direto nas páginas de Facebook das Federações Europeia (ETTU) e internacional (ITTF).

 

Énio Mendes, atleta GD Toledos

“É muito bom conseguirmos o objetivo que traçámos no início da Fase Final e é sempre bom estarmos numa final, contra o Sporting. Em relação ao jogo de hoje, conheço bem o Saheed, porque jogámos na mesma equipa nos últimos quatro anos (ADC Ponta do Pargo). Nunca tinha jogado contra ele, mas como jogámos juntos quatro anos o jogo fica mais equilibrado e mais difícil. O jogo torna-se mais tático.”

 

Boboye Oyenyan, atleta GD Toledos

“Foi um jogo difícil porque ele conseguiu colocar muitas bolas boas na mesa e eu não estava à espera. A meia final foi mais fácil do que estávamos à espera, porque o adversário tem uma boa equipa.”

 

Diogo Silva, treinador e atleta GD Toledos

“Tentei entrar concentrado e com a mesma motivação. Consegui no primeiro set mas depois no segundo sofri uma desconcentração total e não joguei nada bem e perdi esse set. Depois tentei voltar a ganhar confiança e motivação e a estar focado no jogo e os outros dois sets correram muito melhor.

As meias-finais correram muito bem, tanto o jogo de ontem como o de hoje. Entrámos muito bem na partida, com uma atitude muito boa e conseguimos logo uma vitória muito importante ontem. Hoje já sabia que ia haver algum relaxamento da parte dos atletas, porque só precisávamos de três sets para garantir a final. Por isso as coisas complicaram-se um bocadinho, mas conseguimos contrariar esse relaxamento e conseguir uma vitória por 3-0, o que foi muito bom.

Sabemos que temos uma tarefa muito difícil contra um super Sporting, que tem uma equipa muito forte, com jogadores de ato nível mundial, como o Quadri Aruna que é um jogador de top 20 mundial. O Diogo Carvalho é da Seleção Nacional e o Bode Abiodun também faz parte da Seleção da Nigéria. Logo são três jogadores muito fortes e vai ser muito difícil. Na fase regular perdemos os dois jogos por 4-0 e sabemos que vai ser muito difícil, mas de qualquer forma no desporto não há impossíveis e vamos tentar lutar e fazer um bom resultado.”

 

Bruno Silva, treinador GDCS Juncal

“O jogo de ontem condicionou muito a nossa prestação de hoje. Hoje conseguimos estar um bocadinho melhor, mas era extremamente difícil conseguirmos superar o adversário. Há que dar os parabéns ao Toledos. Hoje a equipa tinha de ser perfeita, não podia haver erros, e a partir do momento que o Saheed resolve logo a questão no primeiro jogo, a partir daí foi apenas para cumprir o calendário. Já estava resolvido e já não havia mais nada a fazer.”

 

GDCS Juncal, 3 – GD Toledos, 0

Local: Centro de Alto Rendimento de Vila Nova de Gaia

Árbitros: Francisco Rocha / Serafim Mendes (Porto)

Idowu Saheed, 1 – Énio Mendes, 3 (8-11, 11-8, 12-14, 6-11)

Andrei Bukin, 1 – Diogo Silva, 2 (6-11, 11-9, 4-11, 6-11)

David Bessa, 1 – Boboye Oyenyan, 3 (13-11, 9-11, 10-12, 8-11)

Treinador GD Toledos: Diogo Silva

Treinador GDCS Juncal: Bruno Silva

 

Dosiier de Imprensa 

 

 

Patrocinadores